Artigos marcado com ‘Brasil’

110 of 18 items

62. Acaso sou o guarda do meu irmão?

por

As pessoas religiosas costumam encher a boca para dizer que, como todos somos filhos e filhas de Deus, logo somos todos irmãos. Muitas dessas pessoas religiosas são as que não têm feito nenhum movimento de responsabilidade, para contribuir com o…

236. Inocentes do Leblon

por

Na semana passada, vimos nas redes sociais, nos jornais e nos noticiários televisivos, a triste realidade das avenidas e bares do Rio de Janeiro, lotadas de gente branca da classe média, se rejubilando de não respeitar nada nem…

166. Deserto

por

Não há Brasil, como não há chuva a cair
A religião foi usurpada
Por milicianos da nossa ingenuidade…

235. Da cruz à suástica

por

Foi notícia na mídia, dias atrás, o processo que o presidente do Brasil decidiu mover contra o cartunista Aroeira. Com a sutileza e a esperteza dos mineiros, o desenhista retratou…

231. Sob as cinzas da impunidade

por

Alguém me disse noutro dia que está cansado de tanta feiura. Realmente feíce pesa, cansa e dá desânimo. Não faltam no Brasil de hoje feiuras horrorosas, desanimadoras. A gente chega a ficar desalentado, pois são…

225. Indiferença perversa

por

Na semana passada, o Brasil foi palco de um show torto, cujo vocalista cantou como Luka: “tô nem aí”. Desta vez, o protagonista que fez sua indiferença ressoar não foi uma cantora desconhecida, mas o conhecidíssimo “Hitler tropical” que desgoverna nosso…

224. Antes do dilúvio

por

Quando a covid-19 começou a dar a cara no Brasil, minha afilhada e médica infectologista me disse: “Estamos como Noé, madrinha, recebendo o aviso do dilúvio. Temos alguns dias, talvez um mês, antes que o pior aconteça. Precisamos ler os sinais para evitar o caos total. O dilúvio virá, isso é certo. Resta saber se…

221. Vergonha exposta

por

A pandemia da covid-19 veio escancarar a vulnerabilidade de milhões de brasileiros que vivem nas periferias existenciais. Trouxe à luz também a insensatez do sistema econômico neoliberal, que gera empobrecidos e os mantém subalternizados. Os dados não mentem. Na hora da crise, pouquíssimos brasileiros podem…

217. Pão feito em casa

por

Quem estiver disposto a amar deve estar disposto também a sofrer, a perder seguranças, a abrir mão de seus privilégios. Parece que amor e sofrimento são gêmeos siameses, sempre grudados, inseparavelmente unidos pela lógica da nossa contingência, pelas demarcações de nossa…

215. Sobre analfabetismo existencial e paixão pela vida

por

Para quem sabe ler um pingo é letra, diz o dito popular. Há muito o que ler nos livros, nas revistas e nos jornais. Há muito o que ler nas telas, nas redes sociais… O que não falta é material para ler. Mais importante, porém, que ler as letras, as palavras, as frases e os textos, é ler os acontecimentos da…