Artigo por Eduardo César Rodrigues Calil

110 of 73 items

128. Sarça

por

Tirar as sandálias, E também a casula, A estola, A túnica. Ficar nu. E a sarça incandescente  Poderá Voltar a arder. Poesia anterior:      127. Borboleta