Am                         C                     Dm       E4 E
R. Os braços de um rio vêm trazer alegria

        Am                         C                     Dm       E4 E
à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo.

 

Am                   C             Dm       E4 E
O Senhor para nós é refúgio e vigor, *

Am                           C                     Dm       E4                  E
sempre pronto, mostrou-se um socorro na angústia;
assim não tememos, se a terra estremece, *
se os montes desabam, caindo nos mares.R.

Os braços de um rio vêm trazer alegria *
à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo.
Quem a pode abalar? Deus está no seu meio! *
Já bem antes da aurora, ele vem ajudá-la.R.

Conosco está o Senhor do universo! *
O nosso refúgio é o Deus de Jacó!
Vinde ver, contemplai os prodígios de Deus +
e a obra estupenda que fez no universo: *
reprime as guerras na face da terra.R.

Print Friendly, PDF & Email