Senhor,

Encontrei no caminho pessoas impiedosas, sem coração.

Suas palavras cortavam como faca afiada;

seus olhares frios, sem expressão, pareciam querer dizer algo,

mas nada conseguiam transmitir, a não ser indiferença.

Tive receios de me aproximar,

mas depois me lembrei de que também são meus irmãos,

vivendo situações limites em suas vidas.

Então, deixei de lado meus medos e preconceitos,

Procurei esquecer as cenas que presenciara e que me assustaram

e resolvi dizer uma palavra fraterna.

Não sei por que, mas uma dessas pessoas, virando-se, olhou-me e disse:

“Porque você não entra? Vem, não demora a chover”.

Nesse momento, vi surgir diante de mim uma nova pessoa,

saída de todo aquele gelo, daquela frieza e impiedade que a transformavam…

Obrigada, Senhor,

pela mudança que pude presenciar em mim e naquele irmão,

porque acreditei no amor.

Amém!


Para rezar anterior:     76. Cabeça sem coração
Próximo para rezar:    78. Bendito sejais
Print Friendly, PDF & Email