Um poema me corrói as entranhas
e me vira ao avesso e me dobra,
que já é difícil dormir, viver.
“Amaldiçoa esta lamúria e morre!”
Sei, por isso, como dói ser poeta,
“até agora só conhecia por ouvir falar!”

 

Print Friendly
Print this pageShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someoneShare on Tumblr0