Em tempos de pandemia, quando não podemos nos reunir para celebrar a liturgia eucarística, nunca é muito lembrar que Deus não habita no templo nem está preso a nenhum rito. Não há casa que possa abrigar a presença viva e operante do Deus de Jesus Cristo a não ser a vida humana. Os templos nos quais nos reunimos para celebrar são lugar oportuno para a convivialidade e a celebração do mistério pascal. Mas esse mistério ultrapassa as celebrações, suplanta as rubricas litúrgicas e reverbera em vida nos corações generosos que estão dispostos a acolher o amor.


Versículo anterior:    272
Próximo versículo:   274
Print Friendly, PDF & Email