O mistério de vida,
Que pulsa em cada ser que habita o planeta,
que pulsa em mim e no irmão sofredor,
Que pulsa na criança recém nascida e no velho já senil,
Que pulsa no mar e na terra,
Que mora nos ares e nas profundezas das matas,
Infundi em nós o zelo pela vida,
O cuidado com os mais pequeninos e vulneráveis,
O amor por cada criaturinha, por cada ser vivo.
Amém.


Para rezar anterior:   250. Ao Deus dos pobres
Próximo para rezar:   252. Por Frei Tito
Print Friendly, PDF & Email