O critério para saber se o povo se mantinha fiel à aliança sempre foi a vivência do amor.  Essa história que o Deus do Primeiro Testamento é o Deus incitador do ódio e da vingança é fruto de uma leitura fundamentalista e de uma péssima hermenêutica. O Deus da aliança é o Deus da fidelidade e do amor; ele abomina a vingança, o ódio, todas as formas de opressão e tudo quanto ofende os direitos humanos.


Versículo anterior: 248.
Próximo versículo: em breve…
Print Friendly, PDF & Email