Tem gente que gosta de político que infla o peito e roxeia a testa, lançando invectivas contra a diversidade, contra a liberdade de expressão, contra tudo que é humanamente saudável e belo. Juram punições; arquitetam vinganças e castigos; prometem a moralização da nação por meio do extermínio e da morte. São tolos que vociferam impropérios; escondem suas próprias fraquezas e corrupções e trabalham para descrédito do que lhe faz oposição. Mas um pouco de bom senso basta para nos fazer desconfiar dessa gente valentona que quer consertar o mundo com armas, intervenções militares e cerceamento da liberdade.


Versículo anterior:     234
Próximo versículo:     236
Print Friendly, PDF & Email