Sentar-se à mesa com alguém, para partilhar a refeição, desde o tempo de Jesus, é símbolo de sincera comunhão. As atitudes do Mestre causam escândalo aos grandes da sociedade e da religião, que ocupavam sempre lugar de prestígio e honra. O Mestre veio e sentou-se junto aos marginalizados, mostrando que a vida digna não deve ser privilégio de alguns poucos, mas direito de toda gente. E nós, que aderimos ao evangelho de Jesus, não devemos cerrar os olhos e o coração diante da opressão que causa morte e desigualdade. Somos chamados à solidariedade escandalosa e a estar com aqueles colocados à margem dos sistemas, por qualquer razão que seja.


Versículo anterior: 217
Próximo versículo: 219
Print Friendly, PDF & Email