A vida do profeta Jonas não é muito difere da nossa.  No sufoco da vida, resta-nos clamar pela força do Senhor quando nos falta a esperança, buscar refúgio naquele que é capaz de refazer nossas forças. Os profetas foram homens como nós, cheios de medo, de angústias e até mesmo de raiva, mas nenhumas dessas misérias os impediam de serem ministros da Palavra de Deus.


Versículo anterior:    207
Próximo versículo:    209
Print Friendly
Print this pageShare on Facebook21Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someoneShare on Tumblr0