Cristo, mestre e irmão, que “se fez diácono de todos”,
inspira minhas palavras e ações para que, ao longo de toda minha vida,
procure cultivar o desejo de imitá-lo e tenha disponibilidade
de estar no meio do povo como aquele que serve.

Desejo, Senhor, permitir que meu coração seja semelhante ao teu.
Quero estar sempre atento para perceber as surpresas
que diariamente colocarás em meu caminho
e que eu saiba fazer delas uma oportunidade de crescimento.

Cristo, mestre e irmão,
que meus olhos sejam sempre capazes de ver as necessidades
e os sofrimentos de nossos irmãos e irmãs.
Que, de meus lábios, brotem palavras de conforto e esperança
para consolar as pessoas que se desiludiram com a vida.
Que meus gestos sejam sempre inspirados nos teus
e que através de meu sorriso transpareça o teu.

Amém!


Para rezar anterior:   202. Salmo 22 (Releitura)
Próximo para rezar:   204. vida em construção
Print Friendly
Print this pageShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someoneShare on Tumblr0