Belo Horizonte, 31 de Janeiro de 2018.

 

“A catequese é o esforço de levar às pessoas ao coração de Deus e trazer Deus ao coração delas.
Trata-se de estabelecer um encontro entre Deus e o homem”.
(Pe. Orione Silva e Solange do Carmo)

 

Prezado ____________,

“Ide pelo mundo inteiro e pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16,15). Essa é a ordem de Jesus aos seus seguidores. O evangelho, palavra que faz viver, precisa ser anunciado com “audaciosa coragem”, como afirmou o Papa Francisco.

Em tempos de mudança, a nossa comunidade eclesial, testemunha da fé, está investindo forças e recursos no projeto de evangelização “Catequese Permanente”, idealizado por Solange do Carmo e Pe. Orione Silva.  Trata-se de uma catequese que acompanha crianças, jovens e adultos, ajudando-os a fazer a experiência cristã de Deus. A fé, sempre importante na vida da gente, mostra hoje seu potencial revigorador, capaz de orientar a vida para o bem e plenificá-la de sentido. Com a fé, a vida pode tornar-se mais leve e esperançosa. Anunciar o evangelho não é, pois, um luxo; é uma necessidade urgente: “aí de mim se eu não evangelizar” (1Cor 9,16), disse o apóstolo Paulo.

Para reforçar nossa equipe evangelizadora, nossa paróquia escolheu você para assumir esse ministério. Você não estará sozinho. Nossa comunidade eclesial te dará todo apoio, com reuniões, encontros, formações, material didático etc. Além disso você contará com uma coordenação, responsável por gerir e incentivar todo o processo catequético.

 Não há o que temer. Ainda que você se sinta um pouco inseguro diante de tão grande ministério, lembre-se: Jesus chamou pessoas simples e, a princípio, sem nenhuma preparação especial. Essa catequese trabalha com o método da iniciação. Ao preparar os encontros e integrar à comunidade catequética, o catequista também será devidamente iniciado. Como se aprende a nadar nadando, aprende-se a catequizar catequizando.  Você será muito bem orientado e acompanhado pela paróquia, a principal responsável pela catequese.

Aguardando sua reposta positiva, rezamos a Deus Pai, para que o plenifique com seu Espírito e o ajude cada vez mais no seguimento de Jesus.

Abraço fraterno,

_______________________________________
(Nome do Pároco e da paróquia)


Próximo anexo:  2. Carta-acolhida
Print Friendly
Print this pageShare on Facebook51Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someoneShare on Tumblr0