Senhor Jesus,
No silêncio desde dia,
meu coração se eleva a ti para rezar
tanta graça e tanto pecado.

Quero saborear a vida com os meus irmãos
e ouvir as palavras do silêncio,
atividade profunda do coração.

Quero ser fiel mesmo quando não consigo entender.

Quero estar aberto aos sinais da graça
e disponível para ouvir a tua voz.

Quero deixar-me guiar pela Palavra que faz viver
e ler com realismo os acontecimentos
para tomar decisões sensatas.

Quero guardar-te, ó Cristo,
em minha vida,
para guardar os meus irmãos e a criação.

Quero guardar a mim mesmo
e vigiar sobre aqueles sentimentos
que me edificam ou me destroem.

Senhor, ódio e inveja sujam a vida.

Ajuda-me a confiar completamente em ti
e a acolher a tua Palavra,
que fala misteriosamente no silêncio.
Que o silêncio me ensine a falar,
pois verdadeiras palavras
são forjadas no silêncio do coração.

Agora, Senhor, não tenho nada a dizer
que seja mais bonito que o silêncio,
por isso me calo e fico quieto.


Para rezar anterior:   177. Caminha conosco
Próximo para rezar:    179. E encontrarão descanso
Print Friendly, PDF & Email