Senhor Jesus,

Tu és a luz,
que não nos dispensa de caminhar e procurar.

Tu és o servo que se esvaziou de si e,
para incluir a todos, preferiu os últimos.

A todos que te acercavam abraçavas com amor,
inteirando-se de suas vidas; não discriminavas ninguém.

Rigoroso no amor, viveste-o em plenitude.

Morreste para dar a vida,
sofreste muito porque muito amaste.

Vítima de um mal que ainda perdura,
abraçaste “aquela” maldade por amor,
ensinando-me a vencer o mal pelo amor.

Tua fidelidade, Jesus, inaugurou vida nova,
desvelando o avesso da cruz: a ressurreição.

Tu és o ressuscitado, mas tens as marcas da cruz
– sinal de teu amor sem fim.

Peço-te: ajuda-me a te amar,
pois minha vida só ganha significado pleno quando tu,
amor maior, ocupa o centro de minha existência.

Obrigado, Senhor, por me amar até o fim.

Amém!


Para rezar anterior:    170. Pastor companheiro
Próximo para rezar:  172. Repouso noturno
Print Friendly, PDF & Email