Viver solitário não é mesmo coisa boa! A sensação de abandono é das piores experiências humanas. Precisar de alguém na hora do sufoco e não ter com quem contar é coisa triste. Gritar por socorro e não ter quem nos atenda é desesperador. Bem ao contrário, a fraternidade é construtora do sujeito. Ela refaz os ânimos, alimenta a esperança, nutre os sonhos… Não caiamos na tentação de nos isolar, de nos condenar ao ostracismo, como se não precisássemos de ninguém, como se pudéssemos viver só! Abramos os braços e o coração para acolher o outro que não nos deixa ser só e, com sua presença, nos salva!


Versículo anterior:    168
Próximo versículo:    170
Print Friendly, PDF & Email