Abril… será tempo de Luz
Haverá o dia da Cruz
No entanto, ela nos diz:
Será o dia mais feliz!

Abril… ainda trancados
Aprendendo que seres amados
Não se perdem entre os cadeados
Aquele que espera
O Domingo, madrugada, acordados.

Abril… trará a memória viva
Da manhã que refaz a vida
Domingo da ressurreição!!!
ara unir mãos e coração.
Vem chegando a Vitória!
Vem Páscoa, sem demora.


Poesia anterior:    138. Plantio
Próxima poesia:   140. Domingo de Ramos
Print Friendly, PDF & Email