Senhor,

Hoje me deparei com um estranho pecado: o da última palavra!

As pessoas gritam, ferem e humilham o outro,

Até derrubá-lo com sua palavra que, por ser pesada, dolorosa,

Tem a força de fazer do outro um derrotado,

Alguém submisso e machucado.

Senhor,

Dá-me um coração manso, humilde,

capaz de receber qualquer  palavra dita, interdita ou mal-dita,

E mudar a situação, seja ela qual for,

para que somente uma única palavra tenha força para sair do meu coração:

o amor.


Para rezar anterior:      124. Presença divina
Próximo para rezar:     126. Desejo um coração
Print Friendly, PDF & Email