Bem-vindo ao fiquefirme.com.br, um site de assessoria teológico-pastoral que pode ajudar você a fazer com mais firmeza a sua caminhada de discípulo de Jesus.

Novos Artigos

38.cronica

38. Com meus próprios olhos

Estamos quase acostumados a conferir que, na história da Igreja, um bom número de santos foram rebeldes, inclusive contra o próprio Deus, até que o Senhor venceu nos corações deles. A historiografia geralmente nos mostra os santos como pessoas que, desde que nasceram, estiveram atraídas pelas coisas de Deus, mas nem todos os casos são…

69.prece

69. Pela esperança

Senhor,
Da janela da minha alma,
Encarcerada entre sombras e penumbras,
Vislumbro ao longe os ipês flamejantes de setembro.

58.Dica2

58. Bom gosto, sempre; ostentação, não!

Se tem algo que preocupa hoje na vida pastoral é a cultura do feio, do mau gosto, do desmazelo, do improviso. Tudo vai acontecendo muito a toque de caixa: ministros despreparados para o culto, homilias sem nexo, igrejas feias, músicas de teor teológico duvidoso, de gosto musical nem sempre apurado…

Publicidade

livro

Poesia

Por que me castigas?
(Eduardo César Rodrigues Calil)

Por que me castigas, amor, com tuas mil espadas e torturas?
Por que me flagelas com teus cravos e espinhos?
Por que escapas fugidio entre meus dedos e suspiros?
Por que me negas tua presença, enquanto a busco, faminto?
Por que não calas meus porquês?
Fala amor, algo, ao menos...
Fala-me teus nãos, já que teus sins não vêm.
Olha-me e já me sentirei primavera...
Ou vá, para sempre...
Não me encantes com teus singelos e indescritíveis vestígios,
Para depois lançar-me na busca irrisória de teus resquícios.
Vá para sempre e deixe-me aqui,
Emudecido,
Chorando,
Tua ausência definitiva.

cadastre-e-receba

Música Bagagem

Publicidade

Untitled-1

Fiquefirme no Facebook

Versículo Bíblico

“Senhor, a palavra ainda nem chegou à minha língua, e tu já a conheces inteira” (Sl 139,4)

Conforta nosso coração saber que a palavra nem chegou à nossa língua e Deus já a conhece inteiramente. Afinal, há momentos na vida em que o silêncio impera. As palavras brotam no coração, mas a falta de força é tão grande que elas nem conseguem ser formuladas em prece e morrem em nosso interior antes mesmo de serem pronunciadas. Mesmo nesses momentos, é possível rezar com o coração; Deus conhece nossas palavras interiores.

91.versículo