Bem-vindo ao fiquefirme.com.br, um site de assessoria teológico-pastoral que pode ajudar você a fazer com mais firmeza a sua caminhada de discípulo de Jesus.

Novos Artigos

230. Ensina-nos, Senhor

Ensina-nos, Senhor, a contar os nossos dias, como cantou o salmista. Ensina-nos que a vida é breve e que deve ser vivida com toda garra e paixão. Ensina-nos que dor e morte, decepção e ilusão não são as palavras definitivas; é a vida que prevalece! Ensina-nos, Senhor, que o amor torna tudo novo de novo. […]

186. A árvore da vida

Nesses últimos dias, indo à casa de minha mãe, uma árvore me chamou atenção. Sinto-a me provocando sempre que passo por ela, como se me pedisse um poema. É que tudo está tão prenhe de vida que constantemente passam…

85. Perder-me

às vezes, me perco
em mim mesmo.
permito-me caminhar assim,
aqui, ali, andando a esmo…

Poesia

PERDE-ME
(Gustavo Ribeiro) 

às vezes, me perco 
em mim mesmo.
permito-me caminhar assim,
aqui, ali, andando a esmo.
re-descubro. re-invento.
giro em círculos, me ignoro.
invento números, sou múltiplos.
conjugo-me futuro do pretérito,
sempre no plural.
se minhas malas estão prontas,
não é porque me chateei,
mas é porque me empertiguei
e me perdi em meu labirinto-eu
sem nenhuma pista de saída,
apenas com vontade do novo,
com imenso desejo de me perder,
e de perdido sempre,
perder-me sempre em mim de novo.

Multimídia

Publicidade

Publicidade

Fiquefirme no Facebook

Palavra que faz viver

“É inútil madrugar, deitar tarde, comendo um pão ganho com suor” (sl 127,2)

O sol se põe, cai a noite e a escuridão vem sorrateira. Mas a vida não para. As máquinas não são desligadas; as luzes não se apagam; as estradas não se esvaziam. Corremos afoitos atrás do pão – e de bem mais do que precisamos – com o suor de nosso rosto. Ficamos afadigados, dormimos exaustos. E recomeçamos tudo no outro dia, sem tempo para gerir a vida, a dor, a alegria. Diminuir o ritmo da vida não é luxo; é saber viver. O corpo pede um pouco mais de calma; o coração pede um pouco mais de amor. Precisamos de tempo para viver.